Marketing de Atitude não se ensina, se pratica

Não Conheço a Saddleback Leather Co., nunca usei seus produtos e, sinceramente, até agora nunca havia pensado nisso até ler um artigo sobre o vídeo de David Munson, CEO da empresa, ensinando como piratear seus produtos.

O video é uma obra prima, pois em uma linguagem ultra simples ele tem “conversa” com o pirata cheio de tiradas do tipo “você não está preocupado com os custos de mão de obra”, “você pode niquelar seu cachimbo de crack” ou “é mais fácil ganhar dinheiro que bater na sua mulher e filhos”.

Num olhar raso, parece uma loucura, mas na verdade Dave apresenta um produto de altíssima qualidade e cuidado que reflete a intenção real do produto: “seus netos vão brigar por ela quando você morrer”.

A confiança de Dave em seu produto não é só contagiante nesse vídeo, o site da empresa é uma aula de comunicação do estilo de vida de Dave que se reflete em seus produtos, com posts sobre suas viagens e aventuras com sua família e vídeos demonstrando seus produtos durante safáris na Africa ou em Machu Pichu, e também de pessoas usando e tentando destruir suas malas para mostrar como são duronas.

Mas o que mais me chamou a atenção é que Dave tem a coragem de postar em seu site, links para 13 concorrentes dizendo que é tão confiante em seu design, estilo e durabilidade que ele te convida a pesquisar na concorrência um produto melhor dizendo que quanto mais você pesquisar, melhor ele vai parecer.

Não tenho os resultados da estratégia de marketing da Saddleback, mas confesso que esse estilo badass do Dave me deixou com muita vontade de ter comprar uma mochila da Saddleback. Ainda bem que seu preço está na casa dos US$ 500,00 o que segurou bem essa vontade toda.

Veja o vídeo do Dave e depois me diga:

Será que você conseguiria fazer o mesmo com sua empresa e seus produtos?

Por que não?

Escrito por

Carl é um engenheiro de negócios com 25 anos de experiência na gestão de empresas e projetos de vários tamanhos para grupos privados e governos. Há 6 anos começou a criar e articular redes sociais começando com a Rede da Engenharia até o Projeto TEIA MG de massificação de uso da Web do Governo de Minas. Pós-graduado em Marketing pela ESPM, MBA em Finanças pelo IBMEC e mestrado em Administração pelo Mackenzie. Apaixonado pelas filhas Amanda e Stella, está sempre com elas passeando na ciclofaixa, assistindo um filme de sua coleção, ou no Twitter, Facebook, Skype entre outras ferramentas que ensinou as duas a usar.

Sem comentários ainda.

Deixe uma resposta

Mensagem